Composite Thinking in the strategic planning of organizations.

“What is successfully accomplished is the fruit of  than is successfully imagined”.
Dr. Sérgio Spritzer -
  see full CV.

Every year at the beginning of the year, companies do their strategic planning.  A lot of content is analyzed, put into charts and spreadsheets, and that data is projected onto a timeline.

 

Through this data, people imagine how the organization's vision and mission can be realized, what the challenges are and how to deal with them.

 

Is that enough?

All content raised for planning needs to generate experiences, which can be written and described on paper, but need to be imagined and composed in people's minds , constituting a unified way of thinking, feeling, imagining, deciding and acting.

 

The challenge of analyzing the data is to compose, based on them, scenarios that can be represented and operated as maps of reality experiences to act in the territory. 

Think Thank.jpg

Na prática, trabalhar com ideais não é fácil.  O próprio pensar e o conceito de ideais não é dado como pronto desde o início. O conceito de diálogo também não é de consenso. 

O grupo se reúne para pensar sem ter uma ideia unívoca, de consenso do que de fato eles estão pretendendo fazer como prática. Isso só pode ser praticado com uma metodologia clara e bem definida.

 

Não se trata de examinar opiniões e sim examinar realidades. Realidades são formas de representação que cada pessoa ou grupo opera de acordo com a sua experiência pessoal, organizacional e cultural. Pode ser aplicado para pessoas em pequenas empresas, não sendo apenas  destinado para organizações de grande porte. 

Make an appointment to see our work:

Clique aqui e faça download