A mente, a imaginação e o cérebro. Pensando a respeito.

Sérgio Spritzer, junho 2022 ©


A mente está dentro do cérebro? Nós estamos dentro dele?

Máquinas têm inteligência? Tal inteligência está dentro dela?


O pensar é feito sobre um fenômeno imaginado.

Uma pessoa pensa em se mexer e o corpo mexe assim como um programador pensa em programar um software e isso acontece. E tal programa pode ativar um membro de um corpo imaginário de uma pessoa sem necessidade de física de um movimento.

Por exemplo, o experimento de mover como a “força da mente/pensamento” o pé de um sujeito paraplégico quando ele imagina está chutando uma bola. A experiência física e mental são análogas: a pessoa imagina e sente o que executa, usando tecnologia, nesse caso. Isso indica que a representação do corpo não é um fenômeno físico e pode ativar tanto a nossa biologia de uma forma direta quanto indireta, através do uso de uma prótese “inteligente”.


Participe, de forma gratuita, do nosso Grupo de Estudos Online: “Pensando Fluidamente”: Esse grupo vai lhe ajudar a saber como você pensa, usando os mais importantes princípios e práticas de comunicação.

©© Copyright Neurocom Sérgio Spritzer