Quando devemos confiar?

Atualizado: Fev 4

A confiança não é simplesmente uma estatística de uma massa de dados. Na relação humana é construída caso a caso. 


Quem não se sentiu inseguro na vida? Então não vai saber apreciar a busca de segurança. E nem saber quando ela efetivamente está acontecendo. O mesmo se dá em relação à confiança: adquirir confiança em alguém no trabalho, família ou vida amorosa é o fruto de um processo interativo humano e busca de sentidos em comum. É instável em curto prazo para ser estável com o tempo, como são tantas coisas na vida. Assim como a autoconfiança, não podemos captar a confiança das pessoas a não ser interagindo com elas.


No caso da autoconfiança, você precisa experimentar esse sentimento ao saber como interagir consigo mesmo. Na confiança no outro e com ele, a formação de sentidos em conjunto é o que gera o sentimento de confiança. 


inte.gif