top of page

Se editar o Filme, muda a Realidade?

Atualizado: 30 de out. de 2023

Sergio Spritzer. outubro 2020.  A representação da realidade é como um filme: como você percebe depende da forma como o filme foi filmado. E a imaginação pode ser editada a qualquer momento. A realidade também pode mudar e o filme que seria um retrato fiel só daquele momento, não dar conta da realidade no momento seguinte.  


Mesmo sabendo essa diferença, as pessoas com frequência acreditam mais em seu imaginário do que na realidade. Isso fica evidente nas filas das loterias e casas de jogo ao redor do mundo. Pessoas têm mais medo de morrer de Covid19 do que efetivamente essa doença é capaz de matar. Por outro lado, se tomam uma substância “inócua”, como placebo, isso pode levar à efeitos reais se isso estiver coerente com as suas expectativas. O Imaginário humano se expande graças a tecnologia como a escrita, leitura, telefone e agora, mas mais ainda com a internet, a tal ponto de não sabermos o que é real ou verdadeiro a não ser por referência a outras imagens que confiamos mais.


Quando as lembranças têm muita intensidade e principalmente quando ameaçadoras a nossa integridade, ficam guardadas como cicatrizes sensíveis. Doem quando se mexe com elas e tendem a ficar mais expostas na relação que mantemos com a realidade do que as memórias positivas, como uma espécie de linha de defesa. O problema é, como a gente sabe que imagens negativas, sejam elas evocadas ou construídas, pode ser distorcida para quando estamos submetidos a uma forte carga emocional como na paixão e no ódio.


__________________________________________________ Quer ter acesso a este texto completo e muitos outros conteúdos em vídeos e textos? Conheça nosso área do assinante: clique aqui para saber como.

Comments


bottom of page